domingo, 30 de novembro de 2008

Aquecimento

video
Pelas 8:00 manhã, a piscina do SESC foi liberada para o aquecimento. Sentia-me desajeitado e nervoso ao entrar numa piscina olímpica. Logo que caí na água fria, comecei a nadar, mas deu tudo errado. Meu óculos velho, no qual eu confiava mais, ficava todo embaçado e contra sol eu não enxergava quase nada. Levando em conta que a prova seria disputada no modo "raia dupla", na qual dois nadadores nadavam na mesma raia, imaginava que poderia bater em algum competidor. Tudo bem que isso pode acontecer num treino, mas durante uma competição oficial é demais!
Assim, saí da piscina e coloquei meu óculos novo da Adidas.
Eu não havia ainda testado o óculos novo em sequer um salto! Assim, treinei várias vezes o salto com o novo óculos, tanto que saí da água sentindo dor de cabeça. Fiz inúmeros ajustes, deixando-o cada vez mais apertado, toda vez que saltava e notava que entrava água dentro.
Affff...natação é esporte que dá trabalho para quem usa lentes de contato! Mas fazer o quê? Pior é nadar 400m com o óculos cheio d´água!
Seguirei amanhã :-)

Quase como na Praia!

Viajei a Porto Alegre na sexta-feira à noite para disputar a última etapa do Campeonato Estadual Master de Verão 2008. Fui sozinho a Porto Alegre e encontrei o pessoal da equipe no hotel que fica dentro do Clube Farrapos, chamado de Hotel de Trânsito. No dia seguinte, bem cedo, fomos ao Clube SESC Campestre, no Bairro Alto Petrópolis. O clube é muito bonito, com ampla área arborizada, há duas grandes piscinas infantis e uma piscina olímpica que gostei muito de nadar!
Fazia um calor bem típico de Porto Alegre, deste jeito não foi um grande problema entrar na piscina de água fria. Pelo contrário, quem conseguia nadar numa piscina de água fria naquele dia em Porto Alegre podia se considerar feliz!
Posted by Picasa

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Parece "findi" na praia


Minha bagagem para o Campeonato Estadual Master de Natação que vai ser disputado sábado e domingo em Porto Alegre. É de se estranhar o guarda-sol e a cadeira de praia, mas fui aconselhado a levar. Dizem que não ter lugar para todo mundo na sombra. Menos mal, lá vou procurar meu lugar ao sol, mas por precaução vou levar meu filtro solar FPS 50 :-)
Posted by Picasa

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Tragédia na terra do Ironman

O Estado de Santa Catarina é um dos lugares mais belos do mundo. Trata-se de um lugar de belíssimas praias, florestas e montanhas, que não me canso de fotografar toda vez que viajo para lá, desde os meus tempos que era mochileiro.
Se existe um lugar que conheço neste mundo que poderia chamar de paraíso é o Estado de Santa Catarina.
Infelizmente, nos últimos dias, devido às chuvas intensas, a tranqüilidade e a aparente solidez das montanhas de Santa Catarina transformaram-se em avalanches de lama e água que levaram o caos, a morte e a destruição.
Em algumas cidades, como Itajaí, impera o caos completo. Há relato de saques, espertalhões aumentando preço de produtos essenciais, falta comida e o presídio local, por falta de espaço, está se recusando custodiar os flagrantes, normalmente saqueadores.
A Defesa Civil, as Forças Armadas e autoridades locais fazem o que podem, mas há 80.000 desabrigados para atender. Ainda há cidades que estão completamente isoladas que só chega ajuda de helicóptero.
Hoje pela manhã, na tela do caixa eletrônico do Banrisul onde trabalho mostrava o número da conta-corrente do Fundo Enchente 2008 SC.
Pensei que "se posso pagar R$ 150,00 por um par de tênis para ir à academia, posso fazer algo por alguém que perdeu tudo na enchente".
Para quem se interessar, na tela inicial do caixa eletrônico do Banrisul estão todos os dados para fazer o depósito. Utilize a opção "serviços" e não "pagamentos" e digite os números que mostravam na tela.
Neste link a Folha de São Paulo mostra outras formas de ajudar.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Rumo ao Campeonato Gaúcho Master de Natação

A preparação para a 4ª Etapa do Campeonato Gaúcho Master de Natação está na reta final. Hoje, no treino pela manhã, o Coordenador da Equipe perguntou meu tempo nos 400 m livre. Recebi uma careta de resposta. Ele pergunto meu tempo dos 50m e 100m e ele deu a mesma resposta.
Pensei: "por que então querem que eu vá?"
Depois lembrei que uma vez eu disse a professora de natação, ao ser perguntado se queria fazer parte da equipe do clube, respondi que "a genética não me ajudou e não tenho jeito para ganhar nada, mas posso participar". Ela respondeu que era só para o clube ter mais um representante nas provas de natação. Ah...então se é assim...
Tanto que é assim que depois o Coordenador me disse que é preciso plantar agora para colher no futuro. Sabe-se lá quando!
Este vai ser o espírito da competição. Neste momento, não espero absolutamente nada! :-)

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Aproveite o dia!

Tenho uma enorme admiração com a turma que corre, nada, pedala ou faz triathlon e compete por faixa etária. Estas pessoas, quase sempre, dividem o esporte com o trabalho, estudo e família, o que, apenas por isso, já as torna campeãs! Mas haja força força de vontade para tornar o treino viável.
Não raro estas pessoas se acordam antes do sol nascer e já encaram o treino, tomam banho e chegam ao trabalho às 8 da manhã. À tardinha, vão à academia fazer musculação.
Sempre quis fazer o mesmo, mas fazer qual esporte exatamente?
Pedalar nem pensar! Precisaria de meia hora para arrumar a bike, colocar roupa, capacete, óculos e rezar para não ter nenhum pneu furado no meio do caminho! Para não falar que teria que voltar para casa tomar banho e sair outra vez para trabalhar. Só ia funcionar se eu acordasse às 4 ou 5 da manhã!
Correr daria no mesmo. Sairia para correr, suar e voltar para tomar banho, trocar de roupa e sair de novo para trabalhar.
Ontem os colegas da equipe de natação me convidaram para treinar às 7:00 no clube, disse um talvez "defensivo", mas pensei depois...por que não???
Assim, me acordei às 6:00 em ponto, tomei um café rápido e exatamente às 7:10 caí na piscina, ouvindo do coordenador da equipe: "olha quem tá aqui!"
Treinei até às 8:15, tomei banho no clube (vantagem de treinar num clube ou academia!) e fui o primeiro a chegar no trabalho! Não me sentia cansado, pelo contrário, meu cérebro estava raciocinando muito bem!
Estou muito contente, porque uma etapa importante é cumprida já ao iniciar o dia e eu não estava muito feliz por para casa às 22 horas depois de treinar sozinho na piscina do clube.
A regra agora vai ser esta: natação 4 ou 5 vezes por semana, sendo 2 ou 3 vezes às 7 da manhã!
Conta a história que uma vez perguntaram para Napoleão Bonaparte por que ele dormia apenas 4 horas por noite e ele respondeu: "Enquanto estou dormindo não posso desfrutar das glórias de ser o Imperador da França".
Enquanto não somos imperadores de alguma coisa, desfrutemos das glórias do esporte, bem cedo pela manhã :-)

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Pós-ventania


A dureza da prova justifica mostrar a medalha que ganhei no 4º Circuito CEFET de Corridas de Rua. Quando me chamaram para recebê-la, eu estava colocando as calças, assim o mestre de cerimônia teve que esperar um pouco :-). Estou esperando a galera mandar as fotos da corrida para mim, já que esqueci da minha câmera.
Hoje é dia de recuperação na piscina. Só vou nadar uns 500 m, "soltinho" :-)
ps-hoje o vento diminuiu um pouco, mas ainda escuto o zumbido!
Posted by Picasa

domingo, 23 de novembro de 2008

A Corrida do Vento

O que afinal está acontecendo com o clima?? A Lucy, do Just Run, disse que o vento está atrapalhando os treinos dela. E o mesmo eu digo aqui. Só que a Lucy mora em Santos e eu em Pelotas! A globalização chegou ao clima?

Não lembro mais da última vez que passei um dia sem ouvir o vento uivando lá fora. Verdade que o clima está "bom", não chove, a temperatura está moderada. Mas venta. Venta sem parar. Venta todo o tempo. Venta a ponto de doer a cabeça.

E o que marcou a 4ª Etapa do Circuito CEFET de Corrida de Rua? Acertou quem pensou no vento!

Se a galera não já estivesse com paciência esgotada de tanto vento, acho que todos iríamos dar boas risadas do que víamos antes, durante e depois da prova.

Logo que peguei meu número (o 007, do James Bond), o papel saiu voando e tive que ir correndo atrás. Perto de mim, os voluntários tentavam erguer o pórtico da largada, sem sucesso. Depois me disseram que os soldados do Exército tentaram fazer o mesmo e alguns deles caíram sentados depois de outra tentativa frustrada de colocar o pórtico no lugar. Durante o percurso vi alguns cones de sinalização fora do lugar. Umas duas vezes vi os soldados correndo atrás dos cones que o vento levava.

A corrida era de 16 km, na forma de um circuito que totalizava 8 voltas.

A largada era no Parque do Trabalhador. Foi legal ver que a competição atraiu pessoas de Bagé, Ijuí, Rio Grande, Caxias, Gravataí . Atleta que é atleta vai atrás onde tem corrida! Para mim era uma alegria participar de uma competição que eu não precisava acordar às 3 da manhã :-)

Depois de erguido o pórtico da largada (finalmente!), saiu o grupo feminino. Alguns marmanjos desavisados largaram junto e tomaram vaia quando voltaram.

Largamos e logo em seguida entramos na avenida na parte a favor do vento. É curioso que quando corremos a favor do vento, não ouvimos nada zunindo nos ouvidos. Assim foi até o final da reta. Mas na parte da volta, contra o vento, a situação era caótica. Na foto, eu marquei em vermelho a parte da volta, eu a chamava de "reta do inferno". Parecia que cada passada, eu tinha que mentalmente pedir para o corpo mover as pernas. Além disso o circuito tinha duas subidas, elas não tinham nada de muito dramático, mas para quem está acostumado a treinar na pista plana, corria contra o vento e ter que fazer isso 8 vezes, ou 16 melhor dizendo, a coisa mudava de figura!

Assim, a corrida foi uma longa seqüência de retas rápidas com vento levando e retas muiiiiito demoradas com o vento contrário. Acho que para os corredores de elite esta corrida nem foi um bom termômetro para medir o preparo, pois bastava uma breve calmaria na "reta do inferno" e o cara ficava mais rápido, aliás, beeeeem mais rápido! Mas no meu caso, eu ia sofrer do mesmo jeito :-)

Bem menos preparado que na Meia-Maratona do Servidor Público, eu via muita gente me ultrapassar nas subidas, outros aproveitavam as descidas e me passavam também. Em corridas na forma de circuito, com muitas voltas, o cara que é pangaré com eu tem que ter muita moral para não desanimar vendo tanta gente ultrapassando!

Dona Endorfina apareceu lá pelos 25 minutos de corrida. Atletas conhecem seu corpo. Eu me sentia desajeitado e desconfortável, que saudade da Meia Maratona! Na 3ª volta disse para um colega da equipe: "a coisa tá feia!". E faltavam 5 voltas para terminar...

Na 4ª volta comecei a me perguntar se ia suportar outra metade da combinação calmaria/ventania desta prova.

Mas o legal que incentivo não faltou! Ouvia todo o tempo "Vamos Rodrigo!" "Pega água ali Rodrigo!". Na 6ª volta, acho que uma senhora sentiu pena de mim e perguntou: "Quanto falta meu amor?". Só tive forças para fazer um V com os dedos :-)

Quando completei a 5ª volta, lembrei que só ia precisar vencer a "reta do inferno" mais duas vezes! Comecei a me sentir um pouco mais animado...

Na última volta, um colega da equipe, pangaré como eu, me ultrapassou! Pensei em usá-lo como pacing, mas logo desisti. Era melhor deixá-lo ir, pois se eu tentasse, com certeza eu quebrava!

O ruim da última volta, era que tinha a última subida :-) Quando eu subi, eu sentia tanto meus tendões que parecia que eu estava parando. Entrei dentro do Parque do Trabalhador e ouvi a voluntária gritar, "número 7, funil". Oh...enfim cheguei...

O legal nesta corrida foi a faixa de chegada esticada para todos os competidores que chegavam, não importa a colocação. O que é justo, afinal o esforço é o mesmo para todos!

Meu tempo foi de 1 hora e 30 minutos. Meu podômetro marcava exatamente 10 milhas. Ele fala inglês e não usa o sistema métrico :-)

sábado, 22 de novembro de 2008

Shakespeare e as corridas

Pensando em amanhã, hoje só treinei natação com a equipe do clube.
Amanhã, às 10 horas, será a largada dos 15km da 4ª Etapa do Circuito CEFET de Corrida de Rua. Por incrível que pareça, das 4 etapas este ano, esta é a única que vou participar. As outras etapas, por vários motivos, não consegui correr por problemas como tendinite, rinite alérgica...
Assim, tenho que terminar esta prova bem, com um tempo decente, principalmente porque será a última corrida do ano. Pelo menos eu acho...
Infelizmente só consegui fazer duas corridas leves esta semana, uma de rodagem, cerca de 40 minutos e outra de tiro, que durou uns 30 minutos.
De qualquer jeito, o que vier, virá para o bem. Pior é a dúvida, já dizia Shakespeare: "Nossas dúvidas são traidoras. E nos fazem perder o bem que sempre poderíamos ganhar, por medo de tentar".

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Pára-brisa novo

Quem tem 10 graus de miopia tem que ter um cuidado especial com as lentes de contato, principalmente para nadar e correr, pois os olhos tem que estar bem protegidos. Assim, corro de óculos quanto tem sol, quando venta, quando faz frio, quando chove. Acho que só não corro de óculos à noite. Quebrei o último óculos quando o esqueci preso no boné. Quando tirei o boné da cabeça foi o óculos o chão. Comprei este aí ontem. Vai estrear no domingo na Corrida do Circuito do CEFET :-)
Posted by Picasa

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Contagem regressiva para o Circuito CEFET

Domingo que vem, dia 23,  será disputada a 4ª Etapa do Circuito CEFET de Corrida de Rua, em Pelotas.  
A distância para categoria masculina será de 15km. Embora tenha voltado a correr três vezes por semana, não lembro quando foi a última vez que tenha corrido mais que 10 km, desde a Meia Maratona do Servidor Público, Porto Alegre, no dia 19 de outubro.
Agora vou competir numa competição de 15km! De qualquer jeito, acho que vai dar certo, afinal para a meia maratona eu nunca treinei mais que 16 km num só dia e deu tudo absolutamente certo, completando-a em 2h 06m e me sentindo muito bem! 
E a melhor parte...é que não vou precisar me acordar as 3 da manhã para viajar 4 horas até Porto Alegre!
Mas hoje não é dia de correr. Corri uns tiros durante 30 minutos ontem . Hoje é dia de levantar peso e cair na água. 
Espero que não esteja muito gelada, com este frio que anda fazendo no Sul...

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Minha tentação


Nutella é uma mistura cremosa de avelã com cacau. Sim, a mistura não é politicamente correta. Assim, quem for sedentário e pretende manter o peso, que nem sinta o cheiro!
No meu desjejum da parte da tarde sempre bebo café com leite (no verão bebo Toddy com leite frio), sanduíche com chester, queijo, margarina, no qual misturo aleatoriamente com beterraba, cenoura, alface, tomate. Como isso tudo me dá sede ainda bebo suco de laranja.
E a sobremesa...biscoitos recheados de Nutella, mas tem que controlar a dose, já que se me deixo levar pela vontade do corpo, eu termino com o vidro e depois não saio para treinar :-)
Posted by Picasa

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Correndo na ciclofaixa

Construíram uma ciclofaixa ao lado do canteiro de saibro onde normalmente treino. A obra ficou meia-boca, porque não abrange toda a extensão do canteiro central onde o pessoal  usa para correr. Ainda assim, foi uma boa novidade para a cidade, já que Pelotas é uma cidade que precisa desesperadamente de espaços públicos para fazer esportes, numa cidade que, segundo uma recente pesquisa, setenta por cento da população é sedentária!
Ontem, para dar um pouco de emoção ao treino, resolvi correr também na ciclofaixa. Sei que é proibido, pois havia sinalização, mas como já tinha visto outros corredores na ciclofaixa entrei naquela do "se eles podem, eu também posso!". 
Por um lado, tinha uma sensação maravilhosa ao correr no asfalto, relembrando a Corrida do Carteiro e da Meia-Maratona em Porto Alegre. Mas por outro lado...os carros passavam por mim a menos de um metro de distância.
Será que vale pena o risco? Acho que não...

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Na mídia :-)



Esporte é a melhor forma de fazer com que um nerd, como eu,  capaz de ficar na frente de um computador oito (ou mais) horas por dia,  sair para viver a vida e conhecer o mundo de um jeito saudável :-)
Por outro lado, ter facilidade com o computador e a Internet têm suas vantagens, como por exemplo, criar um blog, esta maravilhosa ferramenta de comunicação!
Quando comecei este blog não tinha muitas pretensões e sigo não tendo, mas para minha surpresa estou fazendo amigos, alguns virtuais, outros reais, estou aprendendo coisas úteis que nem fazia idéia que um dia viria a aprender, vivendo sonhos que nunca ousei em pensar e, ainda, não menos importante, encontrei motivação nos blog dos colegas corredores para vencer uma tendinite e em menos de um ano, saltar de uma corrida de 6k, em 1º de maio, para uma meia-maratona no dia 19 de outubro! Há menos de um ano atrás achava que não ia ser capaz de treinar durante o rigor do inverno do Rio Grande do Sul!
Apesar da singeleza e modéstia deste blog, para minha surpresa, o Bruno, do Correndo na Chuva, me disse que o meu blog foi listado na reportagem da Revista Contra-Relógio sobre corredores blogueiros! 
Estou feliz, agradeço a jornalista (e maratonista) Yara pela lembrança :-) 
Agora, ao treino: 10km de corrida e depois aula de RPM. Amo horário de verão!

domingo, 16 de novembro de 2008

Praia do Laranjal


Combinei de ir a um treino de natação na Praia do Laranjal, que foi marcado para hoje às 9:00. 
Cheguei lá perto das 9:00 e esperei. Esperei. E segui esperando. A praia estava praticamente vazia. 
Como a temperatura estava congelante, resolvi correr no calçadão da praia. 
Parei de correr às 9:20 e ainda não tinha chegado ninguém. Cansei de esperar e fui nadar no clube. Com todo o frio que senti na praia, resolvi nadar na piscina térmica. Estava muito quente no interior do prédio da piscina, o que me deixou contente, mas quando me joguei na água...parecia que eu ia cozinhar!
Fiz 1km de natação muito sofrido, pois com a temperatura daquele jeito, eu mal conseguia respirar. Mesmo nadando muito lento, na quarta braçada, eu já me via obrigado a respirar! 
Hoje a Coordenadora da ASCORP-Associação dos Corredores de Rua de Pelotas, disse que vamos à Bento Gonçalves. 
Para falar a verdade, nem sei mais o que vou fazer ou onde vou estar no dia 30 de novembro :-)


sábado, 15 de novembro de 2008

10 km em homenagem à República!


Ontem não treinei. Fiquei com muitas dores nas costas por causa da burrada que fiz no treino da quinta-feira. Quinta-feira era dia de fazer musculação e treinar com a equipe de natação do clube. Como cheguei um pouco atrasado na academia, fiz musculação, um alongamento meia-boca  e saí rápido para nadar no clube, que fica perto da academia. Do alongamento na base da tapeação na academia, senti dor nas costas depois da aula de natação, que prosseguiu ontem...
Assim, resolvi respeitar os limites do corpo e ontem decidi não treinar. 
Hoje, me sentindo melhor, corri 10k pela manhã, sob o sol, calor, no tempo de 53 min 11 seg.
Amanhã de manhã, se tudo correr bem, tem uma coisa ótima para se fazer!
Depois eu conto.
Bom feriado para todos, viva o aniversário da nossa República, e dá-lhe Xavante!

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Com a equipe é melhor

Meu sexto sentido ao planejar a programação das corridas do final do ano me fez escrever: "programação sujeita à mudança sem prévio aviso". 
Pois bem, ontem soube da Coordenadora da ASCORP-Associação dos Corredores de Rua de Pelotas, que não vamos mais à Bento Gonçalves :-(
Assim, ainda poderia ir sozinho a Bento, mas acho um saco viajar e competir sozinho. Boa parte da diversão do esporte está nas brincadeiras e risadas que dou com o pessoal da equipe. Indo sozinho...vou rir do quê? 
Mas, como já escrevi antes, no mesmo dia da Rústica do Sindmóveis vai acontecer a Etapa de Verão do Campeonato Gaúcho Master de Natação. E a equipe do clube onde nado vai participar! Não sei bem ainda se o esquema será de irmos todos juntos, ou ir cada um por si, mas com certeza vou encontrar todo mundo da equipe na piscina do SESC em Porto Alegre. 
Vai ser legal:-)

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Empurrão final do ano

Neste mês, há duas corridas pela frente: dia 23, distância de 16k, etapa CEFET do Circuito de Ruas em Pelotas e no dia 30, distância de 10k, 4ª Rústica do Sindimóveis, em Bento Gonçalves. 
Estou tentando voltar a correr pelo menos três vezes por semana. Bons tempos eram quando eu estava com o personal e corria cinco vezes por semana para a Meia Maratona do Servidor Público! Mas agora a realidade é outra, uma vez que até o final do ano só vou correr distâncias curtas. 
A partir de dezembro serão férias dos treinos? Nem pensar! Vai ser a hora de treinar para a 1ª Etapa do Campeonato de  Gaúcho de Triathlon, na Praia do Laranjal em Pelotas!
Será a programação até o final de janeiro de 2009, sujeita à alterações sem aviso prévio ;-) 

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Xavante empatou


Ontem não treinei para ir ao jogo do Grêmio Esportivo Brasil, o popular Xavante, time de Pelotas que está na batalha para subir para a 2ª divisão do futebol brasileiro.


O Xavante jogou com o Guarani de Campinas e saímos do estádio com uma sensação de um empate com sabor de derrota. Assim foi por que logo no início dava para notar que o Guarani era um time mais maduro e melhor tecnicamente que o Xavante. Mas jogávamos em casa e tínhamos o apoio da fanática torcida xavante. Logo no início do 2º tempo, numa falha de toda a defesa do Guarani, o Brasil fez 1 a 0. Parecia que o impossível ia acontecer! Mas treze minutos depois, o time do Brasil voltou a falhar e deixou o adversário empatar. O gol foi um balde de água fria na torcida e no time. Infelizmente não era mesmo para ser. Mas como disse uma amiga: eles fazem besteira, mas a nossa cerveja depois do jogo está garantida. Dito e feito. Após o jogo nossa turma foi beber cerveja. Só bebi um copo, porque hoje é dia de musculação e nadar 1,7km!
Posted by Picasa

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Day off, para torcer!


A sessão de psicanálise que fiz no meu blog ontem funcionou! Ontem, que normalmente não é dia de correr, consegui fazer 10 km!
Foi uma corrida inusitada. Onde normalmente treino fica perto do aeroporto e a Força Aérea está fazendo exercícios na cidade. Assim, como os fones do meu mp3 não funcionaram, desisti de usá-lo, e ouvia todo o tempo o "poh-poh-poh-poh..." barulho típico dos helicópteros Huey da Força Aérea. Parecia que eles me escoltaram todo o tempo!
Lá pelas tantas do treino vi uma cena trágica. Vi um senhor por volta de 50 anos caído no asfalto da avenida, perto do meio-fio da calçada. Fui ver do que se tratava e logo chegaram duas senhoras para ajudar o homem. Perguntamos o que aconteceu e ele disse, com dificuldade, que caiu por que tinha tomado umas a mais. "Ai meu Deus..", pensei. Levamos o senhor para o banco, nos oferecemos para ligar para a casa dele, levar em casa etc. e ele todo o tempo respondia "tô bem", "tô bem", "tô bem.." A conversa já estava ficando chata e comecei a pensar se ele estava daquele jeito no final da tarde de domingo, imagina o quanto que tinha bebido durante todo o fim de semana. Finalmente, chegaram dois policiais e tomaram conta da situação.
Prossegui a corrida, que totalizou 10km, em 56min e 40 seg. Mas acho que o atendimento ao desafortunado senhor levou uns 5 minutos e esqueci de paralisar o cronômetro. Então foi um tempo aceitável para os meus padrões :-)
Hoje não vai ter treino, vou ver o time de futebol local da cidade, o Brasil de Pelotas, que joga a 3ª Divisão do Campeonato Brasileiro, lutar para conseguir uma vaga na 2ª Divisão no ano que vem. Está difícil, mas nenhum sonho é  grande demais! Dá-lhe Xavante!

domingo, 9 de novembro de 2008

Será que é só comigo?

Depois de completar a Meia-Maratona do Servidor Público, eu baixei o ritmo do meu treino. Estou correndo agora duas vezes por semana. Por outro lado, estou nadando quatro vezes e fazendo musculação duas ou três vezes por semana.
O problema agora é que toda vez que vou treinar, nunca consigo correr a distância que pretendo. Pensava em correr 10k nas quartas e 16k nos sábados. Mas infelizmente nesta última semana o treino de 10k virou de 6k e o de 16k, virou de 7,8k...
Eu imagino que o treino da corrida está sendo comandado pelo subconsciente ao pensar que o ano já terminou e não vou fazer nada mais de importante em 2008. E...de uma certa forma...há um fundo de verdade nisso. O  treino de corrida está quase no divã!
Mas isso não vai impedir de participar do Circuito de Corrida de Rua do CEFET em Pelotas (16k...vai ser sofrido...) e da Rústica do Sindmóveis em Bento Gonçalves :-)

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Brinquedo novo

Comprei um monitor cardíaco num freeshop de Rio Branco, no Uruguai. Mesmo com a desvalorização forte do Real nas últimas semanas, o preço ainda valeu a pena: custou US$ 56,00. Obviamente que paguei em Reais, em dinheiro, a uma cotação do dólar a R$ 1,99. Mais barato do que nos Submarinos da vida! Não quis usar o cartão de crédito, considerando as incertezas do mercado de câmbio daqui para frente. Fica a sugestão para os atletas que vão às compras nos freeshop do Uruguai no Natal.
Posted by Picasa

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Até debaixo d´água


Minha piscina de treino
Upload feito originalmente por r0drig0 FL0res
Praticar natação é tudo de bom. Sentado agora na frente do meu PC lembro que por volta das 14:30 eu estava suando no meio de um engarrafamento, vestindo calça social, sapatos, meias, cinto...toda a beca de servidor público. Dá para perceber que minha caranga não tem ar-condicionado?
Depois de trabalhar e estudar, à tardinha fui à academia fazer musculação, digamos..."musculação ligeira", porque não ia dar tempo fazer toda a série de exercícios, se fizesse, me atrasaria para o treino da natação.
Na natação o treinador mandou fazer uma coisa que nunca tinha feito antes. Ele mandou a gente vestir os pés-de-pato e fazer o movimento de ondulação com o corpo até a outra borda, por baixo d´água! Eu achava que não ia conseguir, mas...vamos tentar. Durante a travessia senti uma sensação incrível de liberdade. Estava ali, quase sem roupa, com as pernas empurrando rumo ao outro lado da piscina. Nem me movia muito rápido, mas a velocidade era constante, não demorou muito, quase sem eu notar, avistei a parede!
Imagina que eu estava há algumas horas atrás suando num engarrafamento!
PS-Amanhã vou completar o treino da musculação...

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Complexo vitamínico, o jeito foi usar

Enquanto ainda não defini o meu foco de competições (eis o "mal" de gostar de triathlon...),
ontem fiz uma aula de RPM e musculação. 
Já reclamei várias vezes que as sessões de musculação, tão chatas quanto necessárias, estavam me deixando exausto. Praticamente não conseguia terminar as séries. 
Então lembrei de um complexo vitamínico que eu usava por indicação médica depois das crises de rinite alérgica, pois me sentia fraco demais na recuperação.
Passei a tomar Pharmaton todos os dias e estou me sentindo melhor na musculação, já que estou conseguindo terminar todas as séries, embora a série dos membros superiores ainda seja um problema. 
Falei que estava usando o complexo para o médico e ele me deu o ok, sem problemas.
Aliás, o problema é que depois que passo a me sentir mais forte deixo de tomar o complexo vitamínico e o problema volta:-)
Falando em remédios...este artigo não é comercial nem incentivo à automedicação. Principalmente pelo fato do Pharmaton ter algumas contra-indicações e exigir algumas precauções. Eu só passei a tomar por indicação médica!

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Só em mar aberto agora

Estamos no final do ano.Por enquanto, apenas estou certo que vou correr a Rústica do Sindmóveis em Bento Gonçalves. Lamento, mas lamento mesmo, que a corrida será disputada no mesmo dia do fim de semana que vai ocorrer o campeonato gaúcho de natação, categora master. Ainda nem escolhi as palavras que vou dizer para a equipe quando me convocarem para ir à competição. Mas independentemente das palavras, vou ficar constrangido em não ir :(Por outro lado, um colega da equipe me disse que com o verão à vista, haverá competições do estilo "travessia", que ocorrem em praias e o clube tradicionalmente participa destas provas. Não entendi direito do que se tratam estas competições, como são feitas, quantos metros, só entendi que acontecem em praias.Nadar em mar aberto? Tudo de bom! Podem contar comigo!
Posted by Picasa

domingo, 2 de novembro de 2008

Se não rolou Massa, rolou Marilson!

Graaaande Marílson!
Em outro dia sem treino, ainda um pouco triste com o brasileiro Felipe Massa da Ferrari perder o campeonato mundial da fórmula-1 para Lewis Hamilton, que ultrapassou Timo Glock na última curva (hmm...nunca foi tão fácil ultrapassar heim Seu Hamilton?), no final do dia soube que Marílson Gomes dos Santos venceu a Maratona de Nova York pela segunda vez, repetindo o feito de 2006.
Marílson nasceu em Ceilândia, uma área violenta do Distrito Federal, e conquistou fama mundial pelas vitórias na Maratona de Nova York.
Para quem está com a idéia de completar uma maratona no ano que vem, como é o meu caso, Marílson é um modelo de inspiração.
Amanhã é dia de pedalar no RPM e nadar no clube, viva Marílson!

sábado, 1 de novembro de 2008

Treino completo

Nada como  terminar a lição de casa.
Voltei a correr 10k pela manhã, num dia ventoso, poerento e nublado. Minha rinite reclamou. Tentei forçar o ritmo e no final fiz os 10k em 52m 14s. Não está mal para os meus padrões.
À tarde foi a hora do treino com a equipe master de natação. 
Sempre me questionava o porquê da minha dificuldade de contar a metragem do meu nado na piscina. Isto é um grande problema a partir  dos 400m! Uma colega, que tem a mesma dificuldade, disse que isso acontece por que circula menos sangue no cérebro, depois de um determinando tempo. Hmmm...faz sentido? Acho que sim! Foi um alívio ouvir isso, pois achava que era a idade :-)